Índia adota 24 ºC como temperatura padrão para ares-condicionados

Os sistemas de ar condicionado fabricados, comprados ou vendidos na Índia, um dos países mais quentes do mundo, deverão sair de fábrica configurados para operar com a temperatura padrão de 24 graus Celsius.

O ajuste obrigatório entrou em vigor em 1º de janeiro e abrange todas as marcas e tipos de equipamentos de climatização com até 10.465 watts (W) de capacidade nominal de refrigeração.

O objetivo da nova regra é promover a eficiência energética na área de ar condicionado, em um esforço para economizar energia e reduzir emissões de gases de efeito estufa, diz o governo.

A temperatura padrão adotada segue a recente introdução de novos parâmetros obrigatórios de desempenho energético no mercado local. Os novos padrões estabeleceram índices sazonais de eficiência energética (ISEER) para splits, aparelhos de janela e outros sistemas do gênero.

Segundo o ministro indiano de Energia, Shri RK Singh, um grande número de estabelecimentos comerciais, hotéis e escritórios mantém as temperaturas de seus ares-condicionados configuradas entre 18 ºC e 21 ºC.

Levando em conta que a temperatura normal do corpo humano varia entre 36,1 ºC e 37,2 ºC , ele argumenta que “isso não é apenas desconfortável, mas é realmente prejudicial” para a saúde e o meio ambiente.

“Definir a temperatura na faixa de 18 ºC a 21 ºC leva as pessoas a usar roupas quentes ou cobertores; portanto, isso é realmente um desperdício de energia. Por isso, alguns países, como o Japão, criaram regulamentos para manter a temperatura em 28 ºC”, afirma.

Fonte: Blog do Frio – 06/01/2020

Esta notícia não é de autoria de Leandro Rudnicki, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.