Smart Cities atentas à eficiência energética

O Grupo Planet está implantando duas cidades inteligentes na região Nordeste. A instalação de painéis fotovoltaicos e a manutenção, via aplicativo, de um banco de dados de consumo de energia elétrica são algumas das soluções tecnológicas aplicadas aos projetos.

O primeiro empreendimento, de 330 hectares com capacidade para 25 mil moradores, Smart City Laguna, localizado no município de São Gonçalo do Amarante (CE), tem custo total de cerca de US$ 50 milhões e já teve unidades entregues. O segundo projeto a ser lançado, localizado na região metropolitana de Natal (RN), possui área de 170 hectares e projeção de custar 35 milhões de dólares.

De acordo com a CEO do grupo no Brasil, Susanna Marchionni, a remuneração pelos projetos se dá inicialmente pelo próprio formato imobiliário padrão, em que a obra é executada e vendida, mas parcerias em serviços como contratação de seguros que podem ser personalizados pelo aplicativo de celular desenvolvido para as smart cities também geram comissões, cujo valor retorna ao empreendimento em forma de projetos sociais, não só destinados aos moradores, mas para todo o entorno.

O aplicativo também permite o monitoramento constante do consumo individual e coletivo de energia elétrica, o que pode ajudar os moradores a estabelecer metas próprias ou até competições de redução de consumo da comunidade, como já ocorre em outros países, afirma Susanna.

As cidades inteligentes contam ainda com ilhas de recarga para veículos elétricos, equipamentos aeróbicos que geram energia cinética para recarregar celulares e câmeras de segurança com monitoramento em tempo real pelo aplicativo.

Além disso, são instalados painéis fotovoltaicos nas áreas comuns e, mediante parceria com a empresa fornecedora, projetos individuais podem ser contratados pelos moradores, gerando otimização do consumo energético. “A instalação dos equipamentos fotovoltaicos proporcionou um desconto de 15% na conta de luz”, destaca Susanna.

Fonte: Energia Hoje – 23/10/2019

Esta notícia não é de autoria de Leandro Rudnicki, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.