Ações do Procel economizaram 22,99 bilhões de kWh em 2018

Tendo como tema os 25 anos do Selo Procel de Economia de Energia, a Eletrobras divulgou nesta quarta-feira (07/08) o relatório anual consolidado das ações do Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) em 2018. Em 12 meses, as ações desenvolvidas pelo Procel proporcionaram uma economia de 22,99 bilhões de kWh, valor equivalente a 4,87% do consumo de eletricidade no Brasil. E os números dessa economia impressionam.

Ao detalhar os dados, é possível verificar que a energia economizada pelas ações do Procel em 2018 é equivalente a produção de uma usina com capacidade instalada de 5.504 MW, ou seja, metade da capacidade da hidrelétrica de Belo Monte ou 4 vezes a capacidade da usina nuclear Angra 2. Ao mesmo tempo, essa energia seria suficiente para abastecer durante um ano 12,12 milhões de residências brasileiras.

Em termos ambientais, a eficiência energética proporcionada pelo Procel ajudou o Brasil a evitar a emissão de 1,701 milhão de toneladas de gás carbônico equivalente (tCO2e), o que corresponde às emissões de 584 mil veículos movidos a combustíveis fósseis durante um ano.

Em comparação com o ano anterior, quando a economia de energia foi de 21,2 bilhões de kWh, 2018 apresentou uma evolução de 8,4%. De acordo com o relatório, dois pontos principais contribuíram para esse resultado: a melhoria da eficiência energética dos equipamentos contemplados com o Selo Procel e a continuidade do banimento das lâmpadas incandescentes do mercado nacional, produto que apresenta alto índice de consumo de energia.

Para o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Júnior, os resultados alcançados pelo Procel em 2018 devem ser celebrados. O executivo destaca que, além dos colaboradores da Eletrobras, as parcerias com universidades, laboratórios, fabricantes, associações e organizações internacionais também contribuíram para a economia de energia alcançada no ano passado.

“Os resultados do Procel vão muito além do que os números podem representar. Mesmo sendo uma nação rica em fontes de energia, o país não pode continuar usando essa energia sem adotar hábitos inteligentes. Para o Procel, esse é um lembrete de que precisamos aumentar nossos esforços para um ambiente, economia e modo de vida sustentáveis, pois é isso que impulsionará o país. Mas não podemos fazer isso sozinhos. Os desafios que o programa está pronto para enfrentar e os que ainda sequer imaginamos demandam a participação ativa de toda a sociedade, para aproveitar ao máximo a eficiência energética na solução desses desafios”, ressaltou Wilson Ferreira Júnior em texto publicado nas páginas iniciais do relatório.

Também contribuiu para a grande economia de energia a implementação das ações previstas na primeira edição do Plano de Aplicação de Recursos do Procel (PAR Procel /2017-2018). Para Ferreira Júnior, a implementação de uma fonte permanente de recursos para o Procel foi fundamental para que a economia de energia fosse ampliada em 2018. “O Plano de Aplicação de Recursos do Procel prevê investimentos em todas as vertentes de atuação do programa. Além disso, parte desse montante será aplicada em ações transversais para a disseminação da informação, no desenvolvimento de metodologias educacionais, na divulgação da pesquisa de posse e hábitos de uso de equipamentos elétricos (PPH), na capacitação laboratorial e em diversos estudos que auxiliarão o planejamento do setor. Ou seja, o Procel pode contribuir muito com novas maneiras de se consumir energia”, explica.

SELO PROCEL 25 ANOS

O ano de 2018 marcou os 25 anos do Selo Procel de Economia de Energia. O selo, que é referência em qualidade e baixo consumo de energia, foi instituído em 1993, faz parte da parceria entre o Procel, fabricantes (e suas associações), laboratórios de ensaios, universidades, centros de pesquisa, agentes do setor e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Em 25 anos, o selo foi concedido a um total de 3.627 modelos de equipamentos de 198 fornecedores, em 41 categorias. Somente em 2018, foram vendidos no mercado varejista brasileiro 33,6 milhões de produtos com o Selo Procel, o que ajudou o país a economizar 22,94 bilhões de kWh no ano, além de contribuir para a redução da emissão na atmosfera de gases de efeito estufa.

“Contando com grande adesão da sociedade, ao dar preferência à compra dos equipamentos indicados pelo Procel, o selo colabora com o desenvolvimento da eficiência energética no Brasil, trazendo benefícios tanto sociais quanto ambientais”, destaca Moisés Antônio dos Santos, integrante da equipe do Programa do Selo Procel.

Além das ações do Selo Procel, o relatório também descreve as atividades do Procel em diversos segmentos da economia, por meio da atuação de seus subprogramas. São eles: Procel Reluz, Procel Sanear, Procel GEM (Gestão Energética Municipal), Procel Edifica, Procel Indústria, Procel Educação e Procel Info.

Desde a sua criação, em 1985, o Procel, executado pela Eletrobras e coordenado pelo Ministério de Minas e Energia (MME), tem como objetivo principal promover o uso eficiente da energia elétrica e combater o seu desperdício. Suas ações contribuem para o aumento da eficiência dos bens e serviços, para o desenvolvimento de hábitos e conhecimentos sobre o consumo eficiente da energia e, além disso, postergam os investimentos no setor elétrico, mitigando, assim, os impactos ambientais e colaborando para um Brasil mais sustentável.

Essas ações, em 33 anos, resultaram em uma economia de 151,6 bilhões de kWh, e a expectativa para este ano, com a execução do segundo PAR Procel, é que o programa continue colaborando ainda mais para que a eficiência energética seja um conceito cada vez mais presente no cotidiano brasileiro.

1,4 MILHÃO DE ACESSOS

Principal fonte de informações sobre eficiência energética no Brasil, o Portal Procel Info (www.procelinfo.com.br) alcançou, em 2018, a marca de 1.408.870 acessos, correspondendo a uma média mensal superior a 117 mil acessos. Entre as áreas mais acessadas do portal, estão as de ‘Notícias e Reportagens’ e ‘Publicações’.

Com uma base de dados dinâmica e atualizada diariamente, o Procel Info apresenta uma série de informações técnicas e uma ampla divulgação, com notícias e reportagens com foco nas áreas de energia, sustentabilidade e consumo consciente.

Lançado em 2006, o Procel Info, além do site, conta com um boletim informativo que é enviado três vezes por semana para mais de 50 mil usuários cadastrados no portal. Em 2018, a newsletter do Procel Info teve 133 edições, com a publicação de 981 notícias e 89 reportagens. Entre os assuntos mais pesquisados no portal, estão temas relacionados a “aparelhos de ar-condicionado”, “Selo Procel”, “iluminação pública” e “tecnologia LED”.


Ainda no tema da disseminação, a novidade foi a potencialização da área de marketing do programa em 2018. Foi criada uma campanha publicitária alusiva aos 25 anos do Selo Procel que alcançou mais de 70 milhões de brasileiros. Desenvolvida em duas etapas, a campanha utilizou diversos meios de comunicação e teve como motes principais a apresentação dos resultados dos projetos que fazem parte do Plano de Aplicação de Recursos do Procel 2017/2018 e a sensibilização do consumidor na decisão por produtos eficientes e ambientalmente amigáveis.

Na primeira fase, implementada em junho, a campanha foi divulgada por meio de inserções em emissoras de TV (SBT, Band, Rede TV e TV Brasil), anúncios nos jornais Folha de São Paulo, Valor Econômico, O Estado de São Paulo, O Globo e Super Notícia-MG; nas revistas semanais Época, Isto É, Isto É Dinheiro e Veja; encartes nos jornais gratuitos Destak e Metro; nos sites Época Online, Estadão.com, Exame.com, Folha Online, Valor Online, Veja.com, Portal EBC; e nas redes sociais LinkedIn e Facebook.

Já na segunda fase, realizada no segundo semestre de 2018, as inserções foram realizadas no programa Domingo Legal, do SBT, e, por questões estratégicas, nas rádios Monte Roraima FM e Folha 100,3 FM, ambas no estado de Roraima.

“O Procel potencializou suas ações de marketing em 2018, justamente no ano do aniversário de 25 anos do Selo Procel de Economia de Energia, que é a marca mais conhecida do programa, devido à sua presença na casa e na vida do consumidor. Esse foi, portanto, o gancho para que fossem elaboradas as campanhas de publicidade, em que se procurou consolidar uma imagem mais abrangente do Procel, reforçando que o programa não se restringe somente à concessão do selo, mas é também responsável por projetos voltados à eficiência energética em vários setores da sociedade, como, por exemplo nas indústrias, no comércio, nas edificações e em programas educacionais”, explica a colaboradora Tânia Gomes Martins, responsável pela área de marketing do Procel.

Para este ano, o Procel já está investindo cerca de R$ 190 milhões em ações para aumentar a eficiência energética em diversos segmentos da economia e sociedade brasileira. Com recursos do segundo ciclo do PAR, foram definidos 28 projetos prioritários que receberão os investimentos. O Procel Indústria, com R$ 32.468.800,00 e o Procel Reluz, com R$ 30 milhões serão os subprogramas com o maior orçamento neste período.

Para ter acesso ao relatório completo, clique no link: resultadosprocel2019/

Fonte: Procel Info – Tiago Reis – 07/08/2019

Esta notícia não é de autoria de Leandro Rudnicki, sendo assim, os créditos e responsabilidades sobre o seu conteúdo são do veículo original. Para acessar a notícia em seu veículo original, clique aqui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.